quinta-feira, 28 de maio de 2015

Avaliação Diagnostica de Português 2º Ano

  • Qual é o período em que o mosquito da dengue ataca? Marque a resposta mais adequada: À NOITE. À TARDE. DURANTE O DIA. DURANTE O SONO.Questão 2 Marque a imagem da história solicitada:
  • 2. AVALIAÇÃO DIAGNOSTICA – 2º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL Questão 3 Marque apenas a imagem da revista:Questão 4 Marque onde compramos livros: ESCOLA LIVRARIA PADARIA SAPATARIA Questão 5 Qual dos textos é um BILHETE?
  • 3. AVALIAÇÃO DIAGNOSTICA – 2º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL Questão 6 Reescreva a frase utilizando os espaços adequadamente: A BOLA É AMARELA.__________________________________________________________________________Questão 7 Qual é a primeira sílaba do nome desta gravura? KA CA NA PA Questão 8 Qual é a primeira letra do nome desta gravura? B D P T
  • 4. AVALIAÇÃO DIAGNOSTICA – 2º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL Questão 9 Marque onde todas as palavras iniciam com letra maiúscula: Brasil – bola – cidade – Maria. Carolina – faca – lata – pato. Davi – Brasil – Ana – Minas Gerais. elefante – foca – sapo – tatu.Questão 10 Apenas uma opção mostra o desenho e seu nome escrito com letra de imprensa e cursiva: BONECA - bola GATO - galo PATO - pato SAPO - sapato Questão 11O trecho “ERA UMA VEZ...” pertence ao texto:
  • 5. AVALIAÇÃO DIAGNOSTICA – 2º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL BILHETE INFORMATIVO CARTAZ DE ANÚNCIO CONTO DE FADAS RECEITA CULINÁRIA Questão 12 Registe as palavras ditadas pela professora:12345






terça-feira, 26 de maio de 2015

Como Consultar o Dicionário

  • Quando não sabemos o significado do uma palavra consultamos o DICIONÁRIO. Regras Para Utilizar o Dicionário:  Conhecer o alfabeto e a ordenação das letras; Primeiro encontramos todas as palavras que começam por a, depois as que começam por b, e assim sucessivamente. Exemplo: água; barco; cavalo; dedo; ensino… No conjunto das palavras que começam pela mesma letra segue-se a ordem determinada pela segunda letra. Exemplo: carro; cego; circo; clave; Corpo… Nas palavras que têm as duas primeiras letras iguais segue-se a ordem determinada pela terceira letra, e assim sucessivamente. Exemplo: fábula; faca; falta; fase; fato… Os nomes e os adjectivos aparecem sempre no singular e no masculino (se tiverem as duas formas). Exemplo: bonitos – procura-se bonito. Portões – procura-se portão. Os verbos encontram-se no infinitivo. Exemplo: jogou – procura-se jogar.  Algumas palavras podem ter mais do que um significado. Por isso, encontrada a palavra devemos escolher, dos significados apresentados, o que estiver mais de acordo com a frase do texto. 




quarta-feira, 20 de maio de 2015

Ficha de Preparação para o Teste de Matemática 1º Ano

  • Ficha de preparação para o teste de matemática (5 de Fevereiro). Pinta os sólidos que têm a mesma forma que este. 10 . – A Mónica tem 3 amigos e gosta muito deles. Observa e responde. Quantos olhos têm os 4 amigos?_____ Quantas mãos têm os 4 amigos?_____ Quantas pernas?_____ Quantos narizes?_____ Quantas orelhas?_____
  • 5. Ficha de preparação para o teste de matemática (5 de Fevereiro) . – Os alunos da turma do 1º ano manifestaram a sua preferência em relação aos animais de estimação que gostariam de ter. 6 5 4 3 2 1 0 11.1. - Completa com o número de alunos que gostavam de: 11.2. – Qual é o animal preferido pela turma? _____________






quinta-feira, 14 de maio de 2015

Texto para Avaliar Leitura 3º Ano

Nível silábico-alfabético: Nesta fase a criança evolui para uma representação mais completa dos sons das palavras. É comum neste nível que na representação gráfica faltem algumas letras, o que leva alguns profissionais a confundirem nível de evolução da escrita com dificuldade de aprendizagem. São coisas distintas: a primeira é uma fase normal do desenvolvimento da escrita, a segunda pode estar relacionada a algum distúrbio como a dislexia, e tem causa neural e genética. Nível alfabético: Neste nível a criança faz a correspondência da grafia com fonemas (unidades sonoras da língua) que favorece a diferenciação das palavras pelos sons (fonemas) e sinais gráficos da língua (grafemas). Portanto, ela é capaz de fazer a correspondência entre elementos sonoros e a grafia. Nesta fase a criança ainda não é ortográfica, ou seja, ela ainda não escreve conforme os padrões da norma culta, seguindo as regras ortográficas. A ortografia é adquirida com a prática da leitura e escrita.







terça-feira, 12 de maio de 2015

Prova diagnóstica Geografia 2015

  •  Observe que as cidades estão numeradas no mapa. 1. Sabendo que no meridiano de Greenwich são 24 horas, que horas são em Los Angeles Cairo Bombaim Tóquio Brasília Londres 2. Observando o mapa acima e o mapa ao lado responda A. Quantos fusos horários têm no mundo? B. Atualmente, o fuso menos 5 foi incorporado ao fuso menos 4, sabendo disso, quantos fusos horários tem no Brasil? C. Em relação ao meridiano de Greenwich (sendo 24h), que horas são em Manaus São Paulo Fernando de Noronha D. Quantos fusos horários tem no Brasil?3. Observe a imagem e coloque nos espaços os meses de inicio Identifique as estações do ano.de cada Estações do ano representadas
  • 2. 4. Sabendo que a determinação dos pontos cardeais depende do ponto de referência considerado, observe o desenho e responda :







quinta-feira, 7 de maio de 2015

Modelos de Provas para 4º Ano

Planear

Este é um componente vital na revisão para os exames. Podes ter os melhores recursos do mundo; ter os alunos estudiosos como amigos para ter acesso às suas notas, ter encontrado uma mesa de estudo aprovado pelo líder mundial de quiropráticos e ter encomendado quantidades industriais de bebidas energéticas, mas nada disso importa se não tens tempo para realmente te sentares e estudar! O teu cérebro precisa de tempo para processar todas as informações que está a absorver. Se sonhas com um Excelente no exame e todo o orgulho que vem com ele, PLANEAR é muito importante!

Aprofunda

A escala da matéria que aparece nos exames é vasta e há sempre uma  grande quantidade de material para estudar. Por esta razão, muitos estudantes saltam de um tema para o outro, chegando apenas a dar uma rápida olhada em cada um. É muito melhor estudar com calma e conseguir aprofundar os temas. Coloca cada tópico num contexto, obtém um bom entendimento dele e avança para o próximo tópico. Depois de fazer o mesmo com outros tópicos, pode-se então comparar, contrastá-los e obter um panorama verdadeiramente único que te irá conquistar uma nota alta. Se conseguires fazer isso, não importa que pergunta surgirá no exame, serás capaz de lidar com ela. Não porque podes recitar uma lista de datas, ou lembrar-te de uma fórmula específica, mas porque entendes o que foi pedido… há uma grande diferença!

Provas Modelo

É um clichê, nós sabemos. Mas a prática leva à perfeição. Antes de qualquer exame deves estar familiarizado com a estrutura do exame, os tipos de perguntas, o sistema de pontuação e de como gerir o teu tempo. A melhor maneira de estudar para exames é usando os modelos das provas dos anos anteriores para elaborar exercícios de prática. Certifica-te de que respondes da melhor maneira possível. Quanto mais familiarizado estiveres com a estrutura e o estilo do exame, melhor serão as tuas respostas. Uma vez que te sintas confortável, faz um exame de ficção num cenário de exame real – desliga o telemóvel, não fales, mede o tempo e sê honesto.

terça-feira, 5 de maio de 2015

Vogais e Encontros Vocálicos

Você sabe o que são encontros vocálicos e encontros consonantais? Você os utiliza o tempo todo em suas falas, em suas escritas e quiçá nem tenha se dado conta. Veja um exemplo bem prático abaixo, que encontrei noUol Educação: 

Dois garotos se encontraram na rua:
- Ei! Oi!
- E aí, meu?

Observe que os garotos usaram apenas 1 consoante e 9 vogais.

Encontros vocálicos
Encontros vocálicos é o nome que se da quando dois (ou mais) sons vocálicos (vogais e/ou semivogais) encontram-se adjacentes numa palavra. Classificam-se em ditongos, tritongos e hiatos.

Ditongo
Ditongo é o encontro de uma vogal e uma semivogal pronunciadas numa só silaba. Ex.: Cai (a = vogal, i = semivogal), Mário (i = semivogal, o = vogal). Os ditongos podem ser divididos em 4 blocos distintos:
  • Crescente (SV + V – uma semivogal seguida por uma vogal). Ex.: quadro, trégua, miséria, gávea;
  • Decrescente (V + SV – uma vogal seguida por uma semivogal). Ex.: flauta, caixa, fortuito, sótão, pônei.
Assim, se a vogal vier primeiro, o ditongo será decrescente, se a semivogal vier primeira, será crescente. O ditongo pode ser:
  • Oral (o ar sai todo pela boca). Ex.: enfeite, chapéu;
  • Nasal (o ar sai parcialmente pelas fossas nasais). Ex.: comunhão, mãe, esperam, vem.
Tritongo
Tritongo é quando se tem uma vogal entre duas semivogais pronunciadas numa só sílaba – (SV+V+SV).Ex.: Uruguai, averiguei, enxaguou etc. O tritongo pode ser:
  • Oral (o ar sai todo pela boca). Ex.: Paraguai, averiguei, quais;
  • Nasal (o ar sai parcialmente pelo nariz). Ex.: saguão, enxáguam.
Nos tritongos nasais uamuem não se registra graficamente a segunda semivogal. Ex.: mínguam (minguãu); enxágüem

OBS: "O tritongo é formado por SEMIVOGAL + VOGAL + SEMIVOGAL. Em uma sílaba não pode haver mais de uma vogal, e não há sílabas constituídas apenas de consoantes na Lingua Portuguesa. Como o tritongo é o encontro de três vogais na mesma sílaba, então naturalmente só há uma destas três vogais que fica como base da sílaba, as outras duas serão semivogais" (InfoEscola).

Hiato
Segundo o site Significados.com.br a palavra "hiato tem origem no termo Latim “hiatus”, cujo significado é “aberturafendalacuna”, abrangendo diferentes conceitos e aplicações. De acordo com a linguística, hiato é o encontro de dois sons vocálicos cujas vogais são separadas na divisão de sílabas. São necessários dois esforços de voz para pronunciá-las, ao contrário do ditongo em que há um único esforço de voz e as vogais permanecem na mesma sílaba."

Exemplos:
  • memória: me-mó-ri-a
  • democracia: de-mo-cra-ci-a
  • viela: vi-e-la
  • saída: sa-í-da
  • poesia: po-e-si-a
  • saara sa-a-ra
  • raiz ra-iz
  • saúde sa-ú-de
  • compreendo compre-endo
Em ideia (i-dei-a), há também o ditongo "ei", pois as duas vogais estão juntas na mesma sílaba.

Encontros consonantais
Encontro consonantal é a reunião de duas ou mais consoantes na mesma palavra, sem vogal entre elas:

Exemplos:
  • pedra
  • plano
  • atleta
  • crise
  • porta
  • ritmo
  • lista
  • pneu
  • psicólogo
OBS: "Não confunda com dígrafo! Quando as duas consoantes formam um único som, ou quando uma das consoantes tem som vocálico, não se caracteriza um encontro consonantal"
Exemplos:
  • planta
  • passo
Os encontros consonantais podem ser:
  • Perfeitos – Consoantes pertencentes a uma mesma sílaba. Ex.: blu-as, bri-as, pra-to;
  • Imperfeitos – Consoantes em sílabas diferentes. Ex.: af-ta, ab-so-lu-to, a-rit-mé-ti-ca, ad-vo-ga-do;
  • Mistos – agrupamentos consonantais que misturam os dois modos descritos. Ex.: fel-tro, dis-pli-cen-te, dês-tro.